Moradores de São Sebastião reclamam da falta de calçadas

Na cidade, estudantes e moradores se arriscam entre os carros nas ruas sem calçadas. E uma praça, inaugurada a menos de três anos, já tem que passar por reforma.
Skate Park São Sebastião. 70 mil em sacos de cimento e areia?
A pista de skate em São Sebastião, feita pela Secretaria de Obras, custou R$ 209 mil. Ela foi inaugurada em março de 2008. Mas pouco tempo depois, os problemas começaram.

“O corrimão está quebrado, a solda foi mal feita, a pista é oca. Passado um tempo, já começou a dar rachadura, infiltração em razão da água da chuva”, conta skatista Wesley de Araújo.

Com a má qualidade da pista, vieram os pedidos dos skatistas por uma reforma. A Administração de São Sebastião concordou. A obra já começou e os equipamentos vão ser trocados e o piso revestido com um material próprio para a prática do esporte. A pista deve ficar pronta no mês que vem e a reforma vai custar R$ 30 mil.

Francisco Barbosa é líder comunitário da cidade e não se conforma com a reforma no local em tão pouco tempo. “Uma obra em que vai precisar quebrar tudo pra fazer de novo? É brincadeira. É fazer a gente de bobo. Um desperdício, tendo tantas coisas pra fazer”, reclama o líder comunitário.

Ao lado da pista de skate em reforma dá pra ver um dos principais problemas de São Sebastião: a falta de calçadas. E, pra isso, não há nem sinal de obra.

As crianças saem da escola e têm que andar no meio da rua. Em alguns pontos a polícia precisa fechar a pista, mas em outros os pedestres dividem o asfalto com os carros.

“A gente tem medo das crianças serem atropeladas”, diz uma jovem.

“Não tem jeito, tem que andar”, diz a diarista Maria Lopes da Rocha.

As amigas Fátima e Edileusa gostam de caminhar. Mas o exercício se torna um risco. “Muitas vezes é preciso desviar para o mato pra eles não passarem por cima da gente. Já aconteceu várias vezes de estar caminhando e os carros estarem em alta velocidade e passa pertinho da gente”, protesta a costureira Edileusa Barbosa.

A Secretaria de Obras disse que não sabia que a pista tinha problemas e nem que já está passando por reforma. A Administração de São Sebastião informou que fez quatro quilômetros de calçada na cidade no último ano e que há previsão de fazer mais quase dois quilômetros na área onde fica a pista de skate.

Luísa Doyle / Wendel Queiroz

Fonte: Bom Dia DF
Tecnologia do Blogger.