Falta de asfalto complica vida de moradores do Itaipu 7

Bairro de São Sebastião não tem pavimentação e poeira atrapalha comerciantes, agrava problemas de saúde e é transtorno diário para moradores.
Durante o período da seca, a poeira se transforma em dor de cabeça para os moradores do bairro Itaipu 7, em São Sebastião. As ruas não são pavimentadas e a poeira acaba provocando problemas de saúde e prejuízo para os comerciantes. A moradora Graciele Ferreira destaca que as ruas não receberam nem uma cobertura de cascalho e que o caminhão pipa não passa todos os dias para umidificar a terra. “Já tinha oito dias que ele [o caminhão pipa] não vinha por aqui”, sublinha Graciele.
Dona de uma pequena mercearia, Dona Jô, afirma que a poeira dificulta o acesso a sua loja e se acumula sobre os produtos. “É muito difícil, a gente tem que estar sempre limpando. O acesso também é difícil porque as estradas não têm asfalto”, relata. Outro problema causado pela falta de asfalto são os danos causados aos veículos. “As pistas todas são esburacadas por causa da chuva. Muitos ônibus não entram aqui porque tem difícil acesso”, afirma um morador. 

A poeira é um problema especialmente grave para as crianças, que sofrem com problemas respiratórios e alergias. “A maioria das crianças têm pneumonia porque aqui não tem cura de gripe”, destaca uma moradora.
A administração de São Sebastião informou que, como a área ainda não foi regularizada, só depois de um plano urbanístico as ruas serão asfaltadas - mas ainda não há previsão de quando isso vai ocorrer. Enquanto isso, a administração promete continuar molhando a rua com caminhão pipa em dias intercalados. 

Acompanhe a reportagem:





Kenzô Machida
Reportagem exibida no DFTV 1ª edição em 06/07/2010





Seguir no Google Buzz
Tecnologia do Blogger.