A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), em conjunto com a Defesa Civil, interditaram algumas casas que ofereciam risco, na Rua 41 A, de São Sebastião. Os responsáveis pelas edificações têm até dois dias para apresentarem um laudo de um profissional dizendo se as edificações nos lotes podem continuar erguidas.

De acordo o auditor fiscal Carlos Alberto Petinati, a operação foi emergencial já que em alguns locais as casas tinham rachaduras e correm o risco de desabamento. "A maioria desses locais não têm alvará para construção e em lotes que caberiam apenas uma família, o proprietário fez quitinetes, visando o lucro", explica.

Esse é o caso do lote 61, que tem 13 quitinetes. "As redes de esgoto, água, não suportam essa demanda e podem extravasar. A Caesb já verificou que estão entupidas", informa o fiscal. Segundo Petinati, algumas edificações na rua receberam intimação demolitória, por estenderem as construções além do planejamento de São Sebastião.
Tecnologia do Blogger.