São Sebastião: comunidade participa de audiência pública

Nessa terça-feira, 10, o Instituto Federal de Brasília (IFB), realizou audiência pública em São Sebastião. O evento aconteceu no Centro de Ensino Médio 01, Centrão, e contou com a presença de aproximadamente 250 pessoas entre as quais, estudantes, representantes de associações, instituições e cidadãos comuns. Membros do Ministério Público e representantes da Administração Regional de São Sebastião também compareceram.

A audiência durou cerca de 2 horas e foi aberta pela pró-reitora de Desenvolvimento Institucional, Rosane Souza, que fez uma breve apresentação de como ocorrerá o processo envolvendo as demandas, a participação e o levantamento socioeconômico da comunidade. De acordo com ela, esses dados serão analisados pelo Conselho Superior do IFB e servirão de base para as decisões a serem tomadas.

Segundo o professor Glauco Vaz Feijó, que é do Campus Brasília e participa na organização das audiências, o número de pessoas no encontro foi maior que o esperado, graças à grande divulgação feita na cidade. “Compareceram pessoas que não eram de nenhuma associação. Não controlamos a entrada dos alunos que vieram em grande número”, ressalta. Segundo Glauco, entre 15 a 20 pessoas pediram a palavra durante 1 hora de intervenções, defendendo a escolha do curso.

Para o Presidente do Instituto Abá e Representante do Fórum de Cultura de São Sebastião, Raul Corrêa, o IFB levará oportunidade de conhecimento e crescimento para toda a cadeia produtiva da comunidade. “Abrirá portas e dará vasão ao potencial do nosso jovem, possibilitando a inclusão social”, diz. Raul parabenizou a forma como foi organizada a discussão. “Gostei de como foram feitos os debates e as dinâmicas. Ajudou a esclarecer o projeto para as pessoas mais humildes. Foi fantástico”, complementa.

Ainda de acordo com ele, o comércio só tem a ganhar.“Gera mão de obra qualificada e reduz custos básicos de contratação, além de ocorrer giro de dinheiro dentro da própria comunidade. Será de grande valor para o desenvolvimento social local”, finaliza.

O Campus Avançado de São Sebastião deve ser implementado em sede provisória já no segundo semestre de 2011. A Reitoria do IFB espera ter concluído a sede definitiva em fevereiro de 2013. Nessa quinta-feira, 12, ocorre a audiência pública do Riacho Fundo às 19h na Administração Regional daquela cidade.

Via IFB
Tecnologia do Blogger.