Como nasce uma cidade?


São Sebastião é uma cidade que está em pleno crescimento, tanto urbano quanto social. Desde quando os primeiros moradores aqui chegaram era difícil imaginar que a cidade ia tomar proporções que hoje são bastante visíveis. Mas ainda temo muito que melhorar aqui: urbanização das ruas e calçadas, jardinagem, sinalização, etc.

Agora, alguém aqui já imaginou como era a cidade há mais ou menos cinco anos depois da inauguração de Brasília? Como era essa região? Já tinha muita gente morando aqui? Bom, acho que uma parte das respostas, vocês podem ver nas próximas fotografias aéreas feitas no ano de 1965, 1978, 1986, 1991 e 1997. A partir delas vocês podem fazer a comparação do crescimento de nossa cidade e o quanto ela melhorou e quanto ainda tem que melhorar.


Vejamos agora nas fotografias abaixo:


(Foto 01) Esta fotografia área é do ano de 1965 e está no início da antiga Agrovila. Observem que não tem muitas casa e apenas uma área vazia. As áreas em branco são onde estão as olarias e o caminhos traçados, levavam diretamente a elas. As matas de galerias ainda existem quase em sua totalidade e destaque para a mata, mais a cima, que hoje corresponde ao Parque Ecológico do Bosque. Pequenas moradias, mais na região a beira do Ribeirão da Papuda, começam a surgir.


(Foto 02) Nesta fotografia de 1978 já é mais notado pequenos núcleos urbanos se formando. Temos aí formação nos bairros (atual) Morro Azul, na região da antiga quadra 09 e 01 e 03. Observem que na região da Mata do Bosque já existe um enorme clarão que possivelmente  é indícios de ocupação humana. Começam as construções do Presídio Nacional da Papuda.


(Foto 03) Agora em 1986 já temos o tamanho da dimensão da ocupação urbana. As margens da rodovia de acesso o bairro Morro Azul vai se expandindo. Na região mais central já fica nítida a ocupação  e as divisões das ruas. Neste campo mais aberto é interessante destaca que praticamente esta área já estava demarcada com os traçados da ruas. É importante notar que o presídio da Papuda já está pronto.


(Foto 04) Esta de 1991 é fantástica. Já temos a principal via de acesso asfaltada até a região do bairro Centro. O bairro Morro Azul, logo no início, já está bastante consolidado e o Centro e o Setor Tradicional praticamente formado. Intrigante é ver o bairro Vila Nova todo consolidado e o bairro São José ainda em expansão. Depois da mata do Bosque temos a ruas traçadas do antigo loteamento do Clóvis, hoje o Residencial do Bosque. O bairro São Francisco nem existia ainda e muito menos o Residencial Oeste.


(Foto 05) Assim como esta, as próximas são do anos de 1997 e teremos uma visão do quanto que em pouco mais de 30 anos, o quanto uma cidade mudou, o quanto ela cresceu e tomou proporções espantosas. Nesta temos o Residencial Oeste já implantado, pois sabemos que este foi o único bairro planejado pelo GDF na época para a retirada de famílias da área de risco.


(Foto 06) Nesta podemo ver a área de risco próximo as matas e ao córrego Mata Grande. Temos mais ao centro o Caic e a Feira Permanente que, antes, nem feira era, era uma escola, que se não me engano o Centrão improvisado. É importante destacar os eucaliptos que existia na região, principalmente no Morro Azul e as margens da Avenida Principal.


(Foto 07) Esta aqui é mais uma de como a expansão urbana, comparada com a de 1991, foi estourada. Não tínhamos em 1991 os bairros São José e São Francisco em apenas seis anos observem o tamanho do crescimentos destes bairros.


(Foto 08) Aqui, foto do mesmo ano, temos a grande expansão do bairro Residencial do Bosque em sua totalidade e o surgimento do bairro Bela Vista.

Então pessoal, vimos o tanto nossa cidade cresceu, especialmente nos anos 90 onde a migração em massa contribuiu bastante para essa explosão urbana no DF. Tanto São Sebastião quanto as outras cidades do DF surgiram praticamente desta forma. Hoje a cidade tem uma infraestrutura bastante consolidada, com ruas asfaltadas em quase 100% da cidade, rede de água e esgoto tratado e transporte coletivo para os principais pontos de Brasília.

Todas as fotos acima foram obtidas no site da Secretaria de Habitação do Distrito Federal.



Espero por parte de vocês leitores deste blog o compartilhamento desta informação e viva São Sebastião.
Tecnologia do Blogger.