Brasília - Contradições de uma Cidade Nova




A construção de Brasília decorreu da necessidade de conquistar e desenvolver o interior do país e representa um salto sobre o seu processo natural e desenvolvimento socioeconômico. A nova capital foi imagina pelos políticos brasileiros a mais de um século, não apenas como uma sede de um governo, que se manteria distante da pressão popular, mas como centro de integração nacional e centro viário da América do Sul.

Brasília foi a grande oportunidade que se abriu a arquitetura brasileira, uma cidade inteira a ser feita desde começo, dentro da mais moderna técnica urbanista e com total liberdade imaginativa.

Ao expelir de seu seio, os homens humildes que a construíram e o que a ela, ainda hoje a correm, Brasília encarna o conflito básico da arte brasileira, fora do alcance da maioria do povo. 

O plano dos arquitetos propôs uma cidade justa, sem descriminações sociais, mas a medida que o plano se tornava realidade os problemas cresciam para além das fronteiras urbanas em que se procurava conter. 

Na verdade são problemas nacionais, de todas as cidades brasileiras, que nesta generosamente concebida, se revelam com insuportável clareza, é preciso mudar esta realidade, para que no rosto do povo se descubra, quanto uma cidade pode ser bela. 

O curta traz imagens de Brasília em seu sexto ano e entrevistas com diferentes categorias de habitantes da capital. Uma pergunta estrutura o documentário: uma cidade inteiramente planejada, criada em nome do desenvolvimento nacional e da democratização da sociedade, poderia reproduzir as desigualdades e a opressão existentes em outras regiões do país?
Tecnologia do Blogger.