De São Sebastião sai a representante do DF no Miss Periferia do Brasil



Promovido pela Cufa (Central Única das Favelas), o Miss Periferia do Brasil — Top Cufa Brasil 2012 foi realizado no último domingo (19) com o objetivo de mostrar a beleza da mulher da periferia para toda a sociedade.

Ela tem 18 anos, nunca havia sido modelo e agora concorre ao posto de a mais bela jovem das favelas brasileiras. Moradora de São Sebastião, negra, com 1,70m e 54kg, a estudante Wizelany Marques se inscreveu — sem pretensão de ganhar — pela internet em junho e venceu em 19 de agosto a etapa local do inédito Top Central Única das Favelas (Cufa) Brasil 2012.

De acordo com a organizadora do evento, Ana Karolina Bergano, várias cidades do entorno e administrativas do Distrito Federal puderam participar da competição. Somente as meninas do Plano Piloto não puderam participar. Nosso objetivo era mostrar a beleza da periferia.

Em sua primeira edição, o Top Cufa teve como candidatas moradoras de comunidades brasileiras entre 18 a 22 anos. Fotos e entrevistas presenciais foram realizadas para classificar as candidatas. No total, 30 mulheres foram selecionadas.

Antes do desfile final, as concorrentes receberam dicas, participaram de workshops, tiveram aulas de expressão corporal e de um curso de automaquiagem. Segundo a vencedora e representante de São Sebastião, Wizelany Marques Costa, a Cufa deu uma oportunidade para as meninas que sonham em ser modelos.

— O custo para ser modelo em uma agência é muito caro. Já tentei várias vezes ser chamada por uma agência, mas nunca consegui. Um book custa em média R$ 700, para quem ganha apenas um salário mínimo é quase impossível.
Para a organizadora, muitas meninas da periferia possuem dificuldades para participar dos eventos devido à falta de dinheiro para o transporte. As despesas da viajem para a etapa no Rio de Janeiro e serão pagas pela patrocinadora do evento. A etapa final vai acontecer no dia 14 de setembro e contará com representantes de 27 estados do Brasil.

Tecnologia do Blogger.