UPA de São Sebastião reduz atendimentos na emergência do Hospital do Paranoá


O tempo de espera dos pacientes que procuram a emergência no Hospital Regional do Paranoá (HRPa) diminuiu após a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em São Sebastião. De acordo com o coordenador da Regional de Saúde do Paranoá, Rommel Costa, desde o início do funcionamento da UPA, no fim de agosto, houve uma redução entre 10% e 15% no número de pacientes que procuram o hospital, resultando em atendimento mais rápido à população.
A Clínica Médica do HRPa registra uma média de 200 consultas por dia. Segundo Rommel Costa, o objetivo é que este número caia para cerca de 100 atendimentos. “Além da diminuição do número de pacientes de São Sebastião que procuravam atendimento aqui, nós iremos inaugurar também um ambulatório no Centro de Saúde 01 do Paranoá para atender os pacientes classificados como verdes. Essa medida deve desafogar a emergência do hospital em mais 30%”, adiantou o coordenador. Com a inauguração do novo ambulatório, prevista para o dia 22, os pacientes contarão com o chamado “encaminhamento responsável”, serão direcionados ao Centro de Saúde 01 já com a data e hora da consulta marcada.
Outras ações estão sendo realizadas para melhorar o atendimento no Hospital do Paranoá. Desde o começo deste mês os servidores do HRPa contam com um sistema eletrônico para chamar os pacientes, não sendo mais necessário que o médico saia do seu consultório para requisitar a entrada.
UPA de São Sebastião 
A Unidade de Pronto Atendimento de São Sebastião foi inaugurada em 31 de agosto e está localizada na quadra 102, conjunto 1, lote1. Desde que passou a funcionar, a UPA atendeu cerca de 13.800 pacientes.
Classificada como porte III, a UPA conta com 16 leitos para observação e tem capacidade para atender até 450 pacientes todos os dias. O atendimento foi iniciado com cerca de 170 servidores, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de radiologia, motoristas, técnicos administrativos, além de pessoal de radiologia e laboratório.
A unidade funciona 24 horas e pode resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas e cortes. A UPA oferece estrutura simplificada - com raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Quando o paciente chega à unidade, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico podendo mantê-lo em observação por até 24 horas. Quando necessário, o paciente é encaminhado a um hospital da rede pública. 
Tecnologia do Blogger.