Primeira etapa do setor Jardins Mangueiral é entregue pelo governo


O GDF (Governo do Distrito Federal) concluiu, neste sábado (2), a primeira etapa do programa Morar Bem no setor Jardins Mangueiral, em São Sebastião, região administrativa do DF. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz entregou as chaves para os moradores de 1.302 unidades, localizadas nas quadras 10 e 11.

Com essa ação, o número de moradias entregues no setor chega a 3.612, desde julho do ano passado, totalizando seis condomínios, das quadras 10 a 15. 

Agnelo Queiroz ressaltou que a ampliação do acesso à casa própria no DF é uma meta do governo. 

— A cada entrega de novas moradias, temos a certeza de que estamos no caminho certo com a nova política habitacional. Pois, dessa forma teremos áreas residenciais totalmente legalizadas, construídas em locais com licença ambiental e infraestrutura apropriada para atender as demandas da população.

Ele reforçou o compromisso de investir em serviços públicos ofertados na região, como transporte coletivo e construção de uma creche e de duas escolas – de ensinos fundamental e médio –, e lembrou a importância de um comércio local, previsto para ser concluído até dezembro deste ano.

O projeto Jardins Mangueiral é fruto da primeira Parceria Público-Privada (PPP) habitacional do país — um conceito único e inovador de moradia com qualidade de vida em um bairro totalmente planejado, com infraestrutura urbana de água, esgoto, iluminação pública, ruas pavimentadas e urbanizadas, com lazer e segurança para os cerca de 30 mil moradores. O empreendimento ocupa uma área de 200 hectares, onde estão sendo construídas oito mil unidades habitacionais distribuídas por 15 quadras. Até 2014, o GDF espera entregar todas as casas e apartamentos.

O Jardins Mangueiral é destinado a pessoas com renda entre quatro e 12 salários mínimos, por meio do financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.  É um empreendimento inédito, onde a terra que pertencia ao GDF foi cedida, por meio de Concessão de Direito Real de Uso Resolúvel para o Consórcio Jardins Mangueiral.

Além de construção das unidades habitacionais, o consórcio será responsável pela manutenção das vias públicas e áreas verdes, mediante contraprestação do DF, pelo prazo de cinco anos. Todos os beneficiários serão indicados pelo GDF, após análise e validação dos candidatos segundo as regras da política habitacional local.

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal
Tecnologia do Blogger.