Empresários de São Sebastião terão negócios regularizados


Trezentas e quatorze empresas do setor produtivo de São Sebastião vão passar a operar de forma legal. Há 15 dias, a Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável concluiu a última etapa de regularização da área de desenvolvimento econômico da localidade. Agora, terá início a regulamentação formal do comércio. Após publicação de decreto no Diário Oficial do Distrito Federal, prevista para este semestre, os empresários serão convocados a apresentarem os documentos necessários — certidões e contrato social — à pasta.
Depois, eles vão ser encaminhados à Terracap (Agência de Desenvolvimento) para a assinatura do contrato de concessão e uso, referente à escritura do imóvel.   
— É uma vitória depois de 15 anos de espera, afirma o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Sebastião, Júnior Carvalho.
A escritura, segundo ele, significa segurança jurídica e tranquilidade para quem contribuiu com a economia na região, que tem cerca de 100 mil habitantes, de acordo com dados da Codeplan (Companhia de Planejamento do DF). 
Carvalho destaca que a área, parte do Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal, conta com empresas de pequeno e médio portes, além de microempresários. Há fábricas, lojas, mercados, oficinas e prestadoras de serviços. 
— A ação permitirá que os empreendedores ampliem atividades, invistam no negócio e aumentem o capital de giro.
Tecnologia do Blogger.