No Morro da Cruz vendendor de armas é preso.

Um vendedor de armas de fogo foi preso em flagrante na noite do último sábado (15) no Morro da Cruz, em São Sebastião, no Distrito Federal. A Polícia Militar chegou ao suspeito depois que abordou um homem que confessou ter comprado um revólver por R$ 3,5 mil na última sexta-feira. Na casa do vendedor a polícia encontrou uma arma de uso exclusivo da Polícia Civil do DF.

Ao avistar um carro da corporação próximo ao Residencial Oeste, um homem tentou fugir e foi perseguido pelos militares. Durante a tentativa de fuga, ele jogou pela janela do carro um revólver calibre 38. A polícia conseguiu pará-lo instantes depois e ele confessou que havia comprado a arma na região.

Os policiais e o homem seguiram para a casa do suposto vendedor, que percebeu a presença dos militares e tentou fugir pulando o muro, mas foi preso em seguida. Ele reconheceu que havia vendido o revólver e disse que guardava em casa outra arma. Os policiais fizeram busca na casa do suspeito e encontraram a pistola da Polícia Civil.

A PM encontrou ainda 450 balas de calibres 40 e 556, dois carregadores de armas, coletes e fardas da divisão de operações aéreas da Polícia Civil e uma lanterna tática e um bastão retrátil, também de uso da polícia. Foram apreendidos ainda um videogame, uma televisão de 50 polegadas e quatro pneus. Nos fundos do lote, a polícia encontrou também uma pistola calibre 45 carregada e mais dois carregadores de armas. Os dois homens foram levados à 30ª DP (São Sebastião).

De acordo com a polícia, o homem era conhecido na região por vender e alugar armas a criminosos. Ele estava foragido da justiça e tinha passagens por roubo, homicídio, receptação e tráfico de drogas. O outro homem também tinha passagens por roubo, receptação e tráfico de entorpecentes.

Tecnologia do Blogger.