Rodrigo Rollemberg assina regularização de loteamentos no Tororó


O governador regulariza, neste sábado, três loteamentos que beneficiam mais de 1500 moradores da região.

O governador Rodrigo Rollemberg assinou, neste sábado (7/10), às 11h, os decretos de regularização de três loteamentos do Setor Habitacional Tororó, na região administrativa de Santa Maria, às margens da DF-140. Estância Del Rey, Santa Bárbara e Jardim Atlântico Sul atenderão a mais de 1,5 mil moradores.

A regulamentação é um passo essencial para o planejamento urbano do Distrito Federal, que visa respeitar os aspectos ambientais de cada região. Com os novos loteamentos, é possível pensar de maneira mais ordenada sobre o crescimento da cidade, com qualidade de vida para a população, e planejar melhorias no sistema viário, além de outros serviços essenciais para a população.

O mesmo setor recebeu, em 2016, reparos em sua infraestrutura, como 13 quilômetros de vias que foram cascalhadas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a instalação de bacias de contenção e quebra-molas. Outras melhorias estão previstas, como a duplicação das vias de acesso. A ideia é providenciar melhorias para a região de maneira crescente e beneficiar a população local de forma eficaz.

Próximos passos
A regularização faz parte de um projeto de melhorias para a região. O próximo passo, segundo o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, é iniciar as obras de infraestrutura e duplicar as vias de acesso ao setor. Rollemberg chegou à solenidade acompanhado da deputada Telma Rufino, do deputado Lira e prometeu colocar os recursos para duplicar a DF-140 já no próximo ano. O objetivo é contribuir para a descentralização dos recursos. “Queremos que o DF cresça de maneira ordenada, então combatemos a ocupação irregular de áreas públicas”, declara o chefe do Executivo local.

O Tororó passa a fazer parte da Região Administrativa do Jardim Botânico e com o decreto assinado, a região tem seu projeto urbanístico aprovado. Maria Amélia é síndica do condomínio Del Rey é acredita que a assinatura da regularização tem grande importância para os moradores, que passam a ter escritura de suas moradias. “As melhorias na infraestrutura têm que ser feitas agora, principalmente as de acesso. Tem que providenciar alguns serviços básicos também, na região não temos creches, escolas, postos de saúde”, declara a síndica. Amélia mora há 30 anos nas proximidades da região e acredita que agora Tororó está sendo colocado no mapa.

Maria José Feitosa, síndica da associação de empreendedores do Tororó, acredita que a regularização pode promover mais empregos para os moradores do setor. “Atualmente nós andamos entre a lama e o pó. Com as obras de regulamentação da infraestrutura podemos esperar melhor qualidade de vida”.
A preservação ambiental é uma das principais frentes de trabalho da comunidade de moradores e doa grupos que administram a região. O Tororó abriga dois importantes parques em sua área: o parque do Tororó e o Salto do Tororó.

A presença da área verde em suas proximidades foi um dos pontos decisivos para a mudança do casal Mauri Matos e Salete dos Santos. Os dois são trabalhadores autônomos e morando há 8 anos no Parque do mirante. “Viemos em busca de mais tranquilidade e segurança. Aqui nos sentimos realmente em casa”, afirma Salete. Para eles, assim como para outros moradores, o setor atrai pela segurança, tranquilidade e possibilidade de contato com áreas verdes.

Conplan aprovou os três projetos de parcelamento
Primeiro a ser aprovado pelo Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do DF (Conplan), em dezembro de 2016, o parcelamento do Jardim Atlântico Sultem em seu projeto 187 lotes residenciais unifamiliares, um lote residencial coletivo, um comercial, um para uso institucional coletivo, dois para equipamentos públicos comunitários e dois para equipamentos públicos urbanos. São mais de 836 moradores no local.

Já a Estância Del Rey, com 326 habitantes, teve o parcelamento aprovado em maio deste ano e contará com 90 lotes residenciais unifamiliares, dois para uso institucional coletivo, quatro para equipamentos públicos comunitários e dois para equipamentos públicos urbanos.
Maria Amélia Ferreira, de 62 anos, é sindica do Del Rey há 15 anos e não escondeu a felicidade de ver o governador assinar o decreto que regulariza a área. “Esperamos por isso há 30 anos. Estamos todos muito felizes.”

A última aprovação, que beneficiará diretamente 416 pessoas, foi do parcelamento de Santa Bárbara, em agosto deste ano, que prevê 126 lotes residenciais unifamiliares, dois para uso institucional coletivo, três para equipamentos públicos comunitários e dois para equipamentos públicos urbanos.
Para o morador do Condomínio Santa Bárbara Ricardo Brum Perigno, de 37 anos, os decretos de hoje levam mais valorização para os imóveis das áreas e facilitam o início de obras de infraestrutura. “Isso é muito bom. Eu moro aqui há 19 anos.”

A regularização fundiária faz parte do Lote Legal, uma das frentes de atuação do programa Habita Brasília, coordenado pela Secretaria de Gestão do Território e Habitação. O titular da pasta, Thiago de Andrade, assinou os decretos dos loteamentos no setor Tororó como testemunha. “A regularização é a política de governo mais reconhecida nas pesquisas de opinião”, destacou.

Assinatura dos decretos respeita aspectos ambientais
De acordo com a presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Jane Maria Vilas Bôas, o órgão já aprovou o projeto de macrodrenagem para o Tororó e contratou planos de manejo para os dois parques da região.

“Esses planos são necessários para estudar a área, e vocês poderão opinar sobre o que querem, respeitando as regras locais”, disse aos moradores nesta manhã (7). Na ocasião, ela entregou a um representante a licença de instalação do Condomínio Super Nova.

Tecnologia do Blogger.