Tecnologia do Blogger.

Tiroteio dentro da Escola Classe Vila Nova deixa alunos e professores em pânico

by - terça-feira, setembro 25, 2018


Fachada da Escola Classe Vila Nova, no DF, onde um jovem foi baleado nesta segunda-feira 

Um adolescente de 17 anos foi atingido por três tiros dentro de uma escola pública na região de São Sebastião, no Distrito Federal, no começo da tarde desta segunda-feira (24). Segundo testemunhas, o jovem entrou na Escola Classe Vila Nova para fugir de dois homens, sendo que um deles estava armado.
De acordo com a Polícia Militar, o rapaz participou do furto de um celular. Eram 12h30, horário da troca de turno dos estudantes, quando alunos e professores viram os três entrando pelo portão.

A diretora disse ao G1 que havia muitas crianças no pátio. Ela descreveu a situação como "momentos de pavor".

Após tiroteio, cerca de 20 crianças foram levadas para cozinha da escola por um funcionário
Segundo testemunhas, a vítima foi baleada nos braços e no peito. "Eles passaram entre os alunos e começaram a discutir na quadra", contou um funcionário, que preferiu não se identificar.

"Um deles tentou se esconder na cozinha, eu pedi para que parassem a confusão, mas só ouvimos os tiros."

Copo e xícara virados após tiroteio dentro de escola pública do Distrito Federal 
Depois de atirar no adolescente, os dois suspeitos fugiram. O Corpo de Bombeiros foi chamado e transportou a vítima, de helicóptero, para o Instituto Hospital de Base, na região central de Brasília (vídeo acima).

A Escola Classe Vila Nova tem 1.106 estudantes de 4 a 11 anos. Foram os funcionários que protegeram as crianças. Um trabalhador da cantina disse que juntou um grupo de mais ou menos 20 alunos e levou para dentro de um depósito.

As aulas foram suspensas e os responsáveis chamados para levar os alunos de volta para casa. Funcionários se juntaram para tirar as marcas de sangue que ficaram espalhadas pelo local.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal disse que irá providenciar acompanhamento psicológico. Segundo o coordenador da regional de ensino de São Sebastião, Manoel Everton dos Santos Laurentino, será organizada uma palestra com um psicólogo.

“As crianças ficaram muito agitadas. Precisamos conversar com os alunos."

Até a publicação desta reportagem os envolvidos no tiroteio não haviam sido identificados. O adolescente atingido pelos tiros permanece no hospital e os suspeitos estão foragidos.

You May Also Like

0 comentários

Os comentários nos artigos do blog são, sem dúvida, a principal forma de contato entre o visitante e o autor e deve ser sempre um canal aberto. Comente-o.